Publicado em: sábado, 14/04/2012

Robert Doisneau recebe homenagem do Google

O pioneiro no campo do fotojornalismo, Robert Doisneau, completaria hoje, dia 14 de abril, 100 anos. Por isso recebeu a homenagem do Google através de um doodle comemorativo. O fotógrafo usava seu equipamento, da marca Leica, nas ruas de Paris, por volta da década de 30, chegando em 1984 a ser designado como Cavaleiro pela Ordem Nacional da Legião d’honneur.

As fotos de Robert Doisneau tinham sempre um ar irônico, mostrando sempre o contraste entre as classes sociais e as esquisitices da alta classe nas ruas e cafés da capital francesa. Uma das imagens imortalizadas por Doisneau é um beijo em meio a agitação de Paris. Um dos principais atrativos para o fotógrafo eram crianças brincando livremente pelas ruas.

Carreira de Robert Doisneau

A carreira de Robert Doisneau começou com sua atuação como assistente em estúdio de fotografia, com o modernista André Vigneau. Foi apenas em 1932 que ele vendeu a sua primeira matéria fotojornalística. Depois disso, trabalhou durante cinco anos como fotógrafo industrial para uma empresa automobilística, mas acabou sendo demitido por se atrasar constantemente para fazer freelancers com propagandas e cartões postais.

Foi apenas no ano de 1939 que ele conseguiu ser contratado como fotógrafo por uma agência e o serviço era andar pela França procurando matérias fotográficas. Durante a Segunda Guerra Mundial, serviu como fotógrafo, usando as habilidades que possuía para desenvolver falsos passaportes e outros documentos para a Resistência Francesa durante o período de ocupação alemã.

Depois da guerra, ele começou a se recusar em fazer fotografias de mulheres que tinham as cabeças raspadas, como uma forma de piedade pelo fato delas terem que dormir com os soldados alemães. Doisneau faleceu no ano de 1994, com uma pancreatite aguda.