Publicado em: segunda-feira, 27/06/2011

River Plate é rebaixado pela primeira vez no futebol argentino

O pesadelo que já era esperado aconteceu. Com o empate por 1 x 1 no estádio Monumental de Nuñes o maior campeão do futebol argentino, o River Plate, disputará a segunda divisão do campeonato argentino na próxima temporada.

Em 110 anos de história o clube chegou ao fundo do poço após muitas temporadas sem brigar na parte de cima da tabela e disputar a Libertadores da América.

Na Argentina o sistema de rebaixamento é diferente: a equipe só cai para a segunda divisão após a realização de um coeficiente dos resultados dos últimos três anos. Ainda assim é realizado um jogo contra a equipe campeã da série B e só após essa partida o rebaixado é conhecido.

Na primeira partida o River já tinha perdido para o Belgrano por 2 x 0 fora de casa e precisava reverter o placar. Diante de 60 mil torcedores a equipe saiu na frente com o gol de Pavone. Mas depois que sofreu o empate não teve forças para mais nada.

Mesmo com um forte esquema policial o revés deixaria sequelas. Após a partida 70 pessoas, sendo elas 25 policiais, ficaram feridas com os confrontos. A torcida depredou o estádio que seria palco da final da Copa América de 2011. Agora se as reformas não forem terminadas a tempo outro estádio deverá ser escolhido para a decisão.