Publicado em: quinta-feira, 23/02/2012

Rio Grande do Sul: número de homicídios cresce 28% em janeiro e governo decide ampliar carga horária de PMs

Em janeiro de 2012 foram contabilizados 186 homicídios no estado do Rio Grande do Sul, contra 145 crimes registrados no mesmo período do ano passado. O índice indica um aumento de 28,3% e corresponde a um assassinato a cada quatro horas.

Os dados fazem parte de um levantamento mensal realizado pela Divisão de Estatística da Secretaria da Segurança Pública. Há um ano, o governo comemorava a redução de 20% nos homicídios, e as autoridades ainda não apresentaram causas pontuais para o crescimento elevado desses números no começo de 2012.

Acredita-se que casos isolados tenham elevado o número de registros de homicídios. De acordo com o levantamento, em Porto Alegre o número de mortes subiu 28,1% e em Novo Hamburgo foram 10 mortes a mais que em janeiro do ano passado. A maioria dos homicídios acontece em espaços públicos, dois em cada três (68%).

Sem um diagnóstico exato sobre o que aconteceu neste início de ano, foi colocado em prática um plano de contingência baseado em estudos técnicos, ampliando as horas trabalhadas pelos policiais militares através do pagamento de horas extras. A estratégia foi adotada em Porto Alegre e em municípios da Região Metropolitana, do Vale do Sinos e da Serra, regiões onde estão 60% dos homicídios.