Publicado em: sábado, 18/02/2012

Ricardo Teixeira volta à CBF após o Carnaval

Ricardo Teixeira volta à CBF após o Carnaval Ricardo Teixeira seguirá no comando da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Pelo menos por enquanto. Uma nota emitida pela entidade no fim da tarde de sexta-feira (18) informou que o dirigente retoma suas atividades após o carnaval.

O comunicado da CBF desmente os boatos de que o dirigente estaria deixando o comando do futebol brasileiro após 23 anos. A nota divulgada não traz muitos detalhes, e em poucas linhas informa apenas que Teixeira segue como presidente e que na semana que vem realiza suas atividades normalmente à frente da entidade.

Durante a semana vários jornalistas deram como certo o anúncio da saída de Ricardo Teixeira da CBF, chegando a estabelecer uma data-limite para a renúncia, que aconteceria na quinta-feira. Nos bastidores, os presidentes das Federações chegaram, inclusive, a discutir a sucessão dentro da CBF.

Ricardo Teixeira vem sendo acusado de ter ligação com o superfaturamento do amistoso entre Brasil e Portugal, em 2008. A última denúncia dá conta de que o atual presidente do Barcelona, Sandro Rossell, sócio da empresa Alianto, organizadora daquela partida e também alvo das investigações do Ministério Público, teria feito um depósito de R$3,8 milhões em nome da filha de Ricardo Teixeira, de apenas 11 anos.