Publicado em: quinta-feira, 01/03/2012

Ricardo Teixeira segue na CBF

Ricardo Teixeira pos um ponto final às especulações e seguirá no comando da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). A decisão foi sacramentada no final da tarde de quarta-feira (29), após uma assembleia-geral na sede da entidade, no Rio de Janeiro.

A reunião, que contou com representantes de todas as federações, foi convocada pelo próprio Teixeira, e ao fim dela foi assegurado que o dirigente, que já está no poder da entidade há 23 anos, seguirá como homem forte do futebol brasileiro.

Na assembleia-geral ficou definida a sucessão de Ricardo Teixeira na CBF. Foi confirmado que em caso de licença, Teixeira escolhe qual dos vices irá substituí-lo. Porém, em caso de afastamento definitivo, o vice mais velho assume, neste caso José Maria Marin, representante indicado pela Federação Paulista.

Envolvido em várias acusações de participações em esquemas de corrupção, Ricardo Teixeira teve sua renúncia da CBF comentada como quase certa. Alguns presidentes de federações, inclusive, chegaram a orquestrar um movimento para a realização de novas eleições. A assembleia convocada por Teixeira também tinha o intuito de ‘abafar’ este movimento.