Publicado em: quinta-feira, 15/12/2011

Revista norte-americana escolhe “Personalidade do Ano”

A revista norte-americana Time escolheu como a “Personalidade do Ano” a figura do “manifestante”, em importância os milhares de pessoas que lutaram por seus direitos ao redor do mundo em forma de protestos, principalmente no norte da África e no Oriente Médio.

A capa da publicação é ilustrada com um jovem que possui o rosto coberto por um lenço e apenas os olhos a mostra, além da chamada “Da Primavera Árabe a Atena, do ‘Ocupe Wall Street’ a Moscou”. Richard Stengel, editor da Time, afirma que a escolha tem por finalidade “homenagear os homens e as mulheres de todo o mundo que derrubaram governos e levaram um sentido de democracia e dignidade às pessoas que antes não os tinham”

Segundo Stenger, essas multidões estão e continuarão mudando a história, além de influenciarem outros protestos. O Editor explica que o que ocorreu no mundo árabe deu margem para que protestos na Grécia, em Madri e também o “Ocupe Wall Street” acontecessem.

Entre as figuras de manifestantes citadas pela revista, está Mohamed Bouazizi. Ele é um morador da Tunísia de 26 anos que ganha a vida como vendedor ambulante. Mohamed colocou fofo em seu próprio corpo em 2010, em uma forma de manifesta contra o confisco policial dos produtos que vendia. A publicação do vídeo do tunisiano protestando é visto como um dos indícios dos protestos que se espalharam pelo país e também por todo o mundo árabe.