Publicado em: sábado, 07/07/2012

Réver – Atlético-MG acusa São Paulo de aliciamento e promete levar caso à Fifa

A direção do Atlético-MG acusa o São Paulo de tentar o aliciamento do zagueiro Réver. O advogado do clube mineiro informou na última sexta-feira (06) que o clube do Morumbi tentou forçar a saída do jogador e chegou a ameaçar de levar o caso até a Fifa.

De acordo com os representantes do Galo, a direção do São Paulo teria entrado em contato com o empresário de Réver, e feito uma proposta salarial, sem que o clube mineiro fosse consultado. A iniciativa dos dirigentes paulistas irritou o Atlético-MG, que agora promete levar o caso para o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

O argumento dos dirigentes atleticanos é que caso o São Paulo tivesse interesse no jogador, como ele possui vínculo com o Galo até 2014, deveria ser feita uma proposta oficial ao Atlético-MG, em seguida negociar com o jogador e seu empresário. Em entrevista ao blog do jornalista Paulo Vinícius Coelho (PVC), da Espn, o diretor de futebol do São Paulo, Adalberto Baptista teria revelado que se encontrou com o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kali, para fazer uma oferta pelo zagueiro.

Ainda segundo as declarações de Baptista a PVC, Kalil não teria aceitado a proposta são-paulina. O diretor de futebol do Atlético-MG, Eduardo Maluf, por sua vez, disse desconhecer qualquer interesse do São Paulo pelo defensor, e assegurou que o jogador terá de cumprir seu contrato até o final, a menos que alguma equipe pague a multa rescisória.

Réver é titular absoluto do Atlético-MG, e chegou a ser convocado algumas vezes por Mano Menezes para a seleção brasileira. O jogador está se recuperando de uma lesão e se encaminha para a terceira roda seguida em que fica de fora. O zagueiro também teve seu nome veiculado a uma possível transferência para o Corinthians, fato também desmentido pelos dirigentes atleticanos.