Publicado em: segunda-feira, 16/12/2013

Réveillon de Copacabana no compasso de Blue

Réveillon de Copacabana no compasso de BlueA animação “Rio 2”, que tem a arara-azul Blue como figura dramática principal, será o assunto do Réveillon de Copacabana de 2013. O longa, de Carlos Saldanha, foi selecionado para delinear o acontecimento que pela inicial ocasião terá argumento de cinema. Coca-Cola, Petrobras, Light, Embratel e Antarctica apadrinham o festejo que pelo sétimo ano contínuo terá a elaboração SRCOM. A habitual guinada de ano é agenciada pela Prefeitura do Rio, através da Riotur.

Para Antonio Pedro a intenção é revelar a cidade olímpica para todo o planeta e nada mais propício do que o Réveillon de Copacabana. Neste ano, o evento será passado ao vivo para a América do Sul e Estados Unidos por meio da Fox, está que é idealizadora da animação que será lançada em 28 de março nas salas de cinema brasileiro.

A opção de “Rio 2” como objeto se explica: a pioneira da película da franquia sobressaiu os maiores monumentos da cidade como Cristo Redentor, Pão de Açúcar e entre outros encantos do Rio. Os musicais que compartilharam do longa permanecerão no evento em Copacabana, por exemplo, Will.i.am, do The Black Eyed Peas, e Carlinhos Brown.

Também terá a participação de outros artistas que se apresentarão em três palcos, ao todo são cerca de 20 de atrações, como exibição de Lulu Santos, Beth Carvalho e muito mais. A perspectiva é que perto de 2,3 milhões de indivíduos vão ao réveillon em Copacabana em 2013.

O habitual show da queima de fogos terá a trilha firmada pelo compositor John Powell, reconhecido por mega produções americanas, como o próprio Rio, Kung Fu Panda, Shrek. Em 2011, Powell foi apontado ao Oscar pela trilha de Como Treinar o Seu Dragão. No decorrer de 16 minutos, o show terá seis etapas multicoloridas e representações lúdicas, baseados no filme.

A primeira variante do Rio, estreada há dois anos, ocupou o 9° lugar na classificação de maior bilheteria de todos os tempos no país. A produção induziu mais de seis milhões de brasileiros aos cinemas.