Publicado em: segunda-feira, 03/03/2014

Resumo da Novela Em Família – Luiza vai alfinetar Helena por causa de homem

Em FamíliaNo Resumo da Novela Em Família, Luiza (Bruna Marquezine) vai criar polêmica com a mãe (Julia Lemmertz) por causa de Laerte (Gabriel Braga Nunes). Após o velório de Itamar (Nelson Baskerville), onde toda a família estará reunida, a estudante terá uma discussão com a mãe, onde vai afirmar que ela teme que a garota se “apaixone pelo mesmo homem”.

Com a personalidade muito parecida com a da mãe quando jovem, Luiza vai começar a discussão após pedir a Helena para voltar sozinha ao Rio de Janeiro, após o restante da família, por ter marcado um jantar com Paulinha (Manu Gavassi) e Bárbara (Polliana Aleixo) na casa de Shirley (Vivianne Pasmanter).

Helena vai pedir que a garota não se aproxime de Shirley por não confiar nela, e Luiza vai disparar: “Será isso mesmo ou é porque ela tem um filho do Laerte?”. A mãe ficará indignada com a postura, e então vai ser provocada.

Apesar da negativa de Helena quanto ter dito isto, Luiza seguirá no ataque. “Relaxa. Tenho namorado, gosto dele e não me interesso por outra pessoa. Seja o Laerte, seja quem for”. Ela mantém a decisão de não viajar com os parentes, causando mais um mal estar entre as duas.

Em Família

As personagens Clara (Giovanna Antonelli) e Marina (Tainá Muller) se aproximam cada vez mais. As duas formarão um casal homossexual na trama, e o clima já começa a esquentar. Sabendo que Marina é homossexual, Clara fica curiosa, mas não toca no assunto. A relação conturbada com Cadu (Reynaldo Gianecchini) faz até com que Clara se aproxime mais da amiga para desabafar, e Marina já se interessa por ela.

Um mergulho na piscina fará com que as duas acabem tomando banho juntas depois, trocando risadas e carinhos. A fotógrafa ainda vai convidar Clara para um ensaio sensual, que será aceito apesar de certo receio da moça.

Resumo da Novela Em Família – Abuso na novela “Em Familia” gera debate sobre a violência sexual no Brasil

Em Família

No Resumo da Novela Em Família, exibida nas primeiras semanas da novela das 21 horas, “Em Família”, a cena em que a personagem Neidinha (Jéssica Barbosa) sofre estupro coletivo pegou muita gente de surpresa e duas semanas após a exibição, tem gerado um debate sobre a violência sexual no Brasil.

Esta não é a primeira vez que Manoel Carlos retrata o estupro em uma de suas novelas, em “Mulheres Apaixonadas”, na qual a personagem Doris, interpretada pela atriz Regiane Alves foi estuprada em um dos capítulos da trama.

A inspiração do autor veio do caso da turista norte-americana que foi estuprada no Rio de Janeiro em 2013, grande parte da cena foi cortada pela emissora, mas mesmo assim gerou vários comentários acerca do tema, principalmente pela decisão de Neidinha em querer ter a criança fruto do estupro.

Defensor da causa LGBTS e dos Direitos Humanos, o deputado federal Jean Wyllys (PSOL/RJ) escreveu no Twitter que ficou chocado com a cena, mas que está é uma oportunidade para que o brasileiro reflita sobre o assunto.

Em Família

Abuso no Brasil

Em novembro do ano passado, foram apresentados no Fórum Brasileiro de Segurança Pública, dados que apontam que em 2012, os casos de estupro superaram os de homicídios dolosos (com intenção de matar), com 50.617 denúncias contra 47.136 assassinatos.

De acordo com o Conselho Estadual de Direitos da Mulher (Cedim), a cada 12 segundos uma mulher é violentada no Brasil, mostrando que apesar das leis que protegem a mulher contra a violência (como é o caso da Lei Maria da Penha), os números têm sido cada vez mais preocupantes. Cabe à mulher e aos conhecidos da vítima denunciar qualquer tipo de violência, seja ela sexual ou não, pois a justiça determina que a partir da queixa, o prazo para que o agressor se afaste da vítima é de 48 horas.