Publicado em: quarta-feira, 15/02/2012

Restaurante com 60 clientes sofre arrastão em SP

Na noite de ontem (14), ao menos cinco homens armados fizeram um arrastão em uma cantina e restaurante em Pinheiros, Zona Oeste de São Paulo. Cerca de 60 clientes foram rendidos e assaltados em uma ação que durou menos de cinco minutos. O grupo obrigou as vitimas a deitar no chão e a entregar bolsas, relógios e objetos pessoais. Além disso, a quadrilha fugiu levando R$ 500 do caixa.

O crime ocorreu por voltas das 22h, quando um motoboy que estava do lado de fora do restaurante foi rendido pelos acusados, que invadiram o local. Enquanto um dos ladrões se dirigiu até o caixa, o resto do grupo rendeu os funcionários e clientes. Durante a ação, um dos funcionários conseguiu escapar e ligar e ligar para a polícia, mas os ladrões fugiram antes que ela chegasse.

A quadrilha chegou em um carro preto e estacionou a cerca de 10 metros do restaurante. Um dos homens ficou no interior do veículo. Os assaltantes são jovens com idades entre 18 e 22 anos e usavam roupas esportivas. Com os rostos cobertos, eles se comunicavam via rádio.

Ao invadir o estabelecimento, eles fizeram ameaças e mandaram ninguém reagir, pois não pretendiam atirar. Um dos ladrões chegou a bater na cabeça de uma mulher, mas depois pediu desculpas. Um cliente, que preferiu não se identificar, contou que por falta de espaço não conseguiu se abaixar e um dos ladrões achou que ele estivesse armado. “Apontando o revólver para mim, ele levantou minha camisa para confirmar que não havia uma arma na cintura. Então me deu um chute fraco e pegou meus pertences”, explicou.

Até às 3h praticamente todos as vitimas já haviam registrado boletim de ocorrência. Nenhuma delas ficou ferida. A policia irá examinar as imagens da câmera de segurança do restaurante para identificar os suspeitos. Até agora ninguém foi preso.