Publicado em: segunda-feira, 12/12/2011

Representantes da CVC estão apreensivos com mudanças na operadora

Atualmente, a CVC conta com uma rede formada por mais de 700 lojas em todo o Brasil. Os proprietários dessas lojas estão apreensivos com a saída do presidente Valter Patriani e as demais mudanças, que ainda serão anunciadas nesta semana.

Edagar Toledo, presidente da Associação Brasileira dos Distribuidores de Serviços da Turismo (ABDtur), afirmou que os donos das lojas CVC estão ansiosos pelo novo presidente, mas a notícia já era esperada desde a compra de parte da companhia pelo Grupo Carlyle, em 2009.

“Estamos ansiosos, mas acredito que este é um processo natural e esperado desde a chegada da Carlyle”, afirmou. “A empresa tem mostrado, com o tempo, uma boa capacidade de gestão, mas mesmo assim estamos apreensivos”, explicou. Toledo ainda lamenta a saída de Patriani.

“O Valter tem toda uma história com a gente e uma ligação grande com os representantes”, contou. De acordo com Toledo, os representantes não receberam a notícia de forma negativa. “É evidente que o dia a dia do novo executivo não é igual ao do Valter, mas esperamos que ele tenha ações boas. Claro que depende da pessoa que assumir, mas não esperamos uma mudança radical”, completou.