Publicado em: quinta-feira, 05/11/2009

Renault desmente boatos e confirma presença na F-1

Depois da montadora japonesa Toyota anunciar que não irá mais participar da Fórmula-1 em 2010, aumentaram os boatos de que a Renault também seguiria os mesmos passos. Entretanto, os dirigentes da equipe francesa desmentiram qualquer possibilidade de parar os investimentos na categoria.

A fabricante de veículos da França, assim como a Toyota, sentiu os fortes efeitos da crise econômica mundial, entretanto, se diz disposta a permanecer na categoria por pelo menos mais um ano, informou um comunicado da direção da Renault, na quinta-feira.

Além dos prejuízos significativos nas vendas de veículos, a empresa francesa também teve de lidar com a falta de bons resultados na Fórmula-1, além de ver seu ex-diretor de esportes, Flávio Briatore, ser afastado da categoria por ter manipulado um acidente em uma corrida de 2008, visando a vitória da equipe.

A Toyota anunciou na quarta-feira que não irá mais participar da Fórmula-1, devido ao excesso de gastos e lucros reduzidos diante a crise econômica. Cerca de 80% dos funcionários envolvidos em projetos relacionados à F-1 devem ser demitidos.