Publicado em: sexta-feira, 18/11/2011

Renato Gaúcho não deve ser técnico do Botafogo

Muitos nomes são cotados para assumir o cargo de técnico do Botafogo com a demissão de Caio Júnior. Mas Renato Gaúcho já foi descartado, de acordo com um diretor do time que não deseja ter seu nome divulgado. Segundo o diretor, Renato Gaúcho não tem perfil para treinar o time nesta ocasião. Anderson Barros, gerente de futebol, explicou em uma entrevista coletiva como será realizada a escolha do técnico.

Barros afirma que é preciso escolher aquele técnico que tenha o perfil já definido para trabalhar com a equipe e, mais tarde, os nomes irão surgindo. Ele garante que não há nenhum nome em pauta. Para o próximo ano, o time não necessitará passar por apertos como os que enfrentou no começo deste ano, como, por exemplo, as principais atrações do Botafogo serem jogadores inexperientes.

De acordo com Barros, o planejamento está mais fácil, porque os jogadores importantes do time já assinaram seus contratos. Ele afirma que esta facilidade também está na permanência de alguns dos principais jogadores. Para ele não é necessário ter pressa na escolha, pois dá para fazer tudo com muita cautela.

Uma das causas da demissão de Caio Júnior foi a pressão da torcida, que vaiava o treinador constantemente. Depois de sua saída, os torcedores botafoguenses queriam que Loco Abreu assumisse o cargo. Porém, Barros foi direto e disse que o trabalho de Loco Abreu é no campo, como um excepcional jogador. O Botafogo enfrenta o Internacional neste domingo, às 17h no Engenhão.