Publicado em: quarta-feira, 07/05/2014

Renan Calheiros adia decisão sobre a instalação de uma CPI mista da Petrobrás

Renan Calheiros adia decisão sobre a instalação de uma CPI mista da PetrobrásNessa quarta-feira (7), o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB – AL) decidiu que iria convocar uma sessão extraordinária do Congresso Nacional afim de decidir sobre a possível instalação de uma Comissão Parlamentar do Inquérito (CPI) da Petrobras. O posicionamento da oposição é que haja um colegiado misto, com a participação de senadores e deputados.

Em contraponto, o PT insiste em uma comissão exclusiva do Senado. Em meio a uma série de denúncias feitas contra a estatal do petróleo, a oposição teria então protocolado duas solicitações da CPI do Legislativo, uma mista e uma outra somente no Senado. Na realidade, Renan teria marcado para ontem, terça-feira uma reunião com os líderes dos partidos para resolver qual das CPIs seria instalada, contudo, de acordo com informações da sua assessoria, o presidente do Congresso cancelou a reunião que iria ser realizada nesta terça e decidiu convocar a sessão do Congresso. Mediante a esse fato, ele destaca sua intenção de instalar uma comissão ampla com a presença dos deputados.

Indicação de nomes

Durante a sessão entre a Câmara e Senado, Renan Calheiros irá pedir em tom formal que os líderes dos partidos a indicação dos integrantes da CPMI, segundo a nota que foi divulgada pela assessoria. A indicação dos nomes é um passo necessário que seja feito o andamento do colegiado. Ainda de acordo com informações da assessoria, o presidente do Congresso irá responder questionamentos contra a instalação da CPI feitas durante a última sessão do Congresso, seu objetivo é que a decisão da ministra do Supremo Tribunal Federal, Rosa Weber, se estenda à comissão mista, assim foi informado pelo líder do OMDB, o senador Eunício Oliveira. A determinação de Rosa Weber, foi que a CPI do Senado deverá ter como foco apenas a Petrobras e não poderá ser ampliada para investigar denúncias em São Paulo e em Pernambuco.