Publicado em: sexta-feira, 27/07/2012

Religião não terá muito impacto nas eleições dos EUA

Religião não terá muito impacto nas eleições dos EUAAs religiões dos candidatos a presidência dos Estados Unidos não terá grande peso na escolha dos norte-americanos nas eleições que serão realizadas em novembro. Este fato foi indicado em uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira (26). O presidente e candidato a reeleição, Barack Obama, e seu rival republicano Mitt Romney, não terão muito que se preocupar com esta questão.

A pesquisa foi feita pelo Pew Research Center. Entre os entrevistados, 60% afirmam que sabem que Romney é mórmon, e 81% dos entrevistados afirma que isso não é importante. O relatório da companhia de pesquisa afirma que as crenças religiosas de Romney pouco interferem na votação presidencial. Segundo a pesquisa, os evangélicos apoiam o candidato republicano, independente da fé.

Presidente mórmon

Nunca na história os Estados Unidos elegeram um presidente mórmon. Obama é cristão, no entanto muitos acreditam que o presidente é muçulmano. Dos entrevistados na pesquisa, 17% acreditam que Obama é muçulmano, 49% afirmam que o presidente é cristão e 31% não souberam dizer qual é a religião do mandatário norte-americano.

Em linhas gerais, 45% dos eleitores entrevistados na pesquisa afirmam que estão confortáveis com a crença religiosa do atual presidente do país, 5% afirmam que isso não importa, e 19% não se sentem confortáveis. Para 67% dos eleitores, é fundamental que um presidente possua intensas crenças em uma religião. O levantamento foi feito por telefone com 2.973 norte-americanos entre os dias 28 de junho e 9 de julho.