Publicado em: sábado, 13/08/2011

Reinaldo Gianecchini e o combate ao câncer

O médico responsável pelo tratamento do ator Reinaldo Gianecchini contra o linfoma que foi descoberto recentemente, disse que o ator foi submetido a diversos tipos de exames, além daqueles que detectam o câncer. O médico David Uip falou ainda que todos os exames foram enviados a Harvard, nos Estados Unidos e que este é o procedimento convencional quando o caso do paciente é delicado ou de grande repercussão e comentou ainda que até o final de semana chegarão novidades sobre a saúde do ator.

O câncer que acometeu o ator trata-se de neoplasias que atingem os gânglios linfáticos, que são importantes no combate as infecções que podem acontecer no corpo humano. A doença afeta as células, vasos e órgãos do sistema linfático que protege o corpo de vírus e bactérias. Existem três fatores de risco para que as pessoas apresentem a doença, uma delas é a exposição a altos níveis de radiação.

Normalmente pessoas que tem baixa imunidade, em conseqüência de doenças hereditárias genéticas, aqueles que fazem uso de drogas imunossupressoras e infecções decorrentes do HIV, tem maiores chances de desenvolver câncer no sistema linfático.
Portadores dos vírus Epstein-Barr, H. Pylore e HTLV1 têm maiores chances de apresentarem linfomas.

Outros fatores como a exposição a químicos, pesticidas, solventes, fertilizantes, herbicidas, inseticidas, água contaminada por nitrato, estão ligados a alguns casos de linfomas, por isso deve se tomar cuidado no contato com estas substâncias, evitando assim o aumento das chances.