Publicado em: terça-feira, 17/07/2012

Rei da Espanha diminui seu salário em mais de 50 mil reais para enfrentar crise

Nesta terça-feira (17), a Casa Real da Espanha informou que o rei Juan Carlos irá reduzir seu salário em 7,1% para seguir as medidas aprovadas pelo governo na última sexta-feira, que prevê cortes no orçamento. A decisão tomada pelo rei espanhol irá representar menos 20.910 euros em seu salário, o que vale aproximadamente R$ 52 mil.

Já seu filho, Felipe de Borbón, terá uma redução de 10.455 euros (cerca de R$ 26 mil) em seu salário. O restante da família real também terá seus gastos de representação reduzidos em função da crise. Para pode enfrentar o problema econômico, o país irá reduzir 30% dos vereadores, cortas as verbas partidárias, e também dos ministérios e sindicatos. A Espanha também irá fechar algumas empresas públicas e aumentar os impostos, até mesmo do cigarro, em até 21%.

Medidas

As medidas para enfrentar a crise foram divulgadas pelo primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy. As medidas estão dentro das exigências impostas pela União Europeia. Com a diminuição de aproximadamente 30% dos vereadores em toda a Espanha e também o fechamento das empresas do setor público, o governo espanhol estima que irá economizar 3,5 milhões de euros, o que equivale a R$ 8,7 milhões.

As medidas também irão cortar gastos dos ministérios, reduzindo os orçamentos deste ano para 600 milhões de euros (R$ 1,5 bilhão). O abono de Natal, que será o 14º salário, também será suspenso em decorrência da grave crise. Os desempregados do país também irão sofrer com o novo plano, sendo que o auxílio desemprego irá diminuir de 50% a 60%.