Publicado em: quinta-feira, 10/11/2011

Rede social de traições tem o Brasil como país com maior crescimento de número de usuários

A rede social de traições Ohhtel divulgou que o Brasil é o país que mais cresceu no número de usuários cadastrados. De acordo com dados divulgados pela empresa, no começo do mês de outubro estavam registrados 280 mil membros, enquanto no dia 19 foram identificados 316 mil usuários. A rede social está no Brasil desde julho e surgiu como uma novidade para o público internauta do país.

Até o momento o Ohhtel abriu seus serviços em mais seis países: Estados Unidos, Canadá, Argentina, Chile, Paraguai e Peru. Basicamente, a principal função desta rede social é ajudar os seus usuários a encontrarem outras pessoas dispostas a ter relações extraconjugais, ou seja, trair o parceiro do relacionamento estável. São adotadas diversas medidas de segurança e privacidade para que o internauta sinta segurança ao fazer parte desta rede social. Por já ter operado em outros países antes de chegar ao Brasil, o objetivo da rede social encontrou seu público-alvo.

Uma cidade brasileira que superou todas as outras metrópoles onde o site opera é São Paulo, pois o site percebeu que o crescimento da rede social chegou a 40%. Para fazer uma comparação, o índice de crescimento de usuários de São Paulo é maior do que os números registrados na cidade de Nova York, por exemplo.

De acordo com a gerente de marketing do Ohhtel no Brasil, Karen Meohas, “o site sempre cresceu, mas eram números normais para um novo país em operação. Acho que isso é uma resposta que o público brasileiro normalmente dá para todos os serviços relacionados à tecnologia. Estamos entrando em um momento de aceitação como rede social”.