Publicado em: terça-feira, 25/02/2014

Rede Globo proíbe jornalistas de usarem roupas chamativas

Rede Globo proíbe jornalistas de usarem roupas chamativasPreocupada com a imagem que a emissora quer passar aos telespectadores, a Rede Globo lançou em edital na última semana normas de vestuário que criarão uma espécie de padronização visual do jornalismo.

A emissora demonstrou insatisfação com a maneira como os profissionais da casa têm se posicionado em frente às câmeras e alega que o jornalista jamais deve aparecer mais do que a notícia. Logo, cabelos compridos, camisas com estampas e esmaltes escuras estão terminantemente proibidos do jornalismo da Globo.

Para quem não se lembra, a Globo fazia as mesmas exigências há 5 anos, mas deixou que o jornalista tivesse autonomia no visual que usaria nos telejornais, porém, voltou a trás quando viu que a maioria dos repórteres estavam exagerando nas roupas chamativas, desprendendo a atenção de quem assiste aos noticiários.

Confira algumas regras:

1) Franjas e cabelos curtos estão terminantemente proibidos.

2) Não é permitido que uma jornalista use vários anéis, e todos os acessórios não podem ser chamativos.

3) Unhas claras de preferência, evitar qualquer tipo de esmalte escuro.

4) Estampas estão proibidas, sobretudo xadrez e roupas com listras.

5) Decotes e roupas com muito brilho voltam a ser proibidas, no entanto, roupas transparentes são permitidas, apenas com sobreposição.

6) No caso das calças, a Rede Globo foi ainda mais rígida. Não será permitido que as jornalistas façam coberturas ao vivo com calças capri ou extremamente justas. Os homens devem usar roupas com cortes mais retos e as mulheres com roupas tradicionais, e sem muitos detalhes e justos demais. Tal como evitar calças descoloridas ou cor alguma cor diferente.

7) As roupas não podem ser justas, as mulheres devem optar por modelos menos presos ao corpo. No caso das jornalistas mais “cheinhas”, as profissionais não podem usar roupas com muito elástico para que não mostrem os indesejados “pneus” ou marca das lingeries.