Publicado em: quarta-feira, 29/02/2012

Record ameaça ir na Justiça contra Globo e Fifa

Um dia depois da Fifa anunciar um acordo com a Rede Globo para a transmissão dos jogos das Copas do Mundo de 2018 e 2022, a Rede Record demonstrou insatisfação, e ameaça entrar na Justiça para impedir que o contrato seja cumprido.

A Record, concorrente da Globo e que detém os direitos das Olimpíadas de Londres e do Rio de Janeiro, alega que a Fifa descumpriu uma promessa em que garantia que iria haver uma licitação pública para definir quem ficaria com os direitos de transmissões das partidas.

Na terça-feira (28) a Rede Globo anunciou que seguirá transmitindo os jogos do Mundial, já assegurados para 2014, e que tem os direitos sobre outras mídias, como TV fechada, telefonia celular e internet. A emissora carioca não passou por qualquer tipo de processo de concorrência ou licitação.

A Fifa explicou que costuma adotar processos diferentes em cada tipo de mercado na venda dos direitos de transmissão da Copa. No comunicado em que anunciava a Globo como escolhida, a instituição enaltecia a emissora carioca, citando-a como parceira de longa data.