Publicado em: terça-feira, 08/09/2015

Reclame Aqui ganha versão para registrar queixas de serviços públicos

Agora está mais fácil exercer seus direitos de cidadão com um novo recurso que o Reclame Aqui liberou nesta última semana. O serviço online conta agora com uma nova plataforma, que permite aos usuários reclamarem não somente de empresas e produtos, mas também de órgãos federais, estaduais e municipais. O serviço tem o mesmo procedimento: é só entrar na página e realizar a queixa. Agora, a plataforma vai permitir que pessoas que tenham ficado insatisfeitas com a prestação de um serviço público em sua cidade ou região possa divulgar a situação e reclamar sobre isso.

Usar uma plataforma online para a reclamação vai simplificar o processo, permitindo que o usuário exerça seus direitos usando uma interface prática e rápida. Não é preciso sair de casa para divulgar sua indignação com algum serviço ou mesmo registrá-la no órgão em questão, com abertura de protocolo ou outros processos burocráticos. É necessário primeiro fazer um cadastro gratuito no portal do Reclame Aqui. Depois, basta fazer uma busca simples, na página principal do site, para selecionar o órgão que você vai realizar a queixa. O portal conta com uma lista organizada, trazendo todos os estados do Brasil, permitindo o usuário selecionar que órgão específico se trata a queixa.Reclame Aqui ganha versão para registrar queixas de serviços públicos

Depois, o usuário deve selecionar o motivo da reclamação, com algumas pré opções, como Cadastro e Cobrança, Atendimento/SAC, Segurança/Denúncia, Educação e Acessibilidade. Cada um desses itens conta ainda com subcategorias para que o usuário especifique a causa da reclamação. O restante do processo é parecido com a reclamação de produtos e empresas, adicionando um título a sua reclamação e a descrição da situação enfrentada. O usuário pode ainda adicionar a localidade da situação com o uso de um mapa, além de anexar também links e fotos. Com isso, a mensagem será encaminhada diretamente para o órgão público em questão, exigindo uma resposta para o internauta.

De acordo com Maurício Vargas, presidente do Reclame Aqui, o projeto do Reclame Aqui integra um movimento de cidadania. Eles pretendem estimular uma corrente entre os cidadãos, de forma que no futuro os governos sejam obrigados a responder os problemas da população de forma rápida, como hoje as empresas já vem fazendo. O site já é popular pela forma facilitada com que permite o registro de problemas dos consumidores e agora permitirá também que o cidadão use o mesmo espaço para falar de problemas com serviços públicos.