Publicado em: quarta-feira, 05/10/2011

Rafinha Bastos pode voltar ao ar no CQC em quadros gravados

A Band estuda a possibilidade de colocar o apresentador Rafinha Bastos no ar, no programa Custe o Que Custar, o CQC, em quadros gravados. Esta seria uma medida para evitar que o humorista faça piadas que poderiam ser consideradas de mau gosto ao vivo. A hipótese de tirá-lo do ar definitivamente não está descartada, mas depende de como a Band irá avaliar como ficou a imagem de Rafinha após a suspensão.

O apresentador já se envolveu em várias polêmicas, mas a que motivou sua suspensão foi uma piada envolvendo a cantora Wanessa Camargo. Grávida, ela apareceu em uma matéria no programa e quando voltaram para o estúdio, Rafinha disse “comeria ela e o bebê”. Na última segunda-feira (3), o humorista foi substituído por Mônica Iozzi, que afirmou que Rafinha havia sofrido uma cãibra na língua e não pode estar presente.

Na segunda, enquanto o primeiro programa após a suspensão de Rafinha era apresentado, o humorista postou fotos suas no Twitter, com modelos e a frase “Que noite triste para mim”. Mesmo assim, ele apareceu nas vinhetas de merchandising durante todo o programa. Entre os integrantes do CQC, não há uma opinião geral formada.

Danilo Gentili, integrante do programa e sócio de Rafinha no bar Comedians, também foi muito criticado por piadas consideradas de mau gosto há alguns meses. Sobre a polêmica envolvendo o companheiro, disse que o comediante stand up é o mais difícil de ser domado, e que um profissional que começou de forma independente se sente tosado quando lhe dizem o que não pode ser falado na TV. Já Marco Luque divulgou nota, na sexta (30), classificando a piada de Rafinha como “idiota”.