Publicado em: sexta-feira, 14/10/2011

Rafinha Bastos pede demissão da Band e pode prejudicar ‘CQC’

O humorista Rafinha Bastos, integrante dos programas Custe o que Custar (CQC) e A Liga, teria pedido demissão da Bandeirantes durante a última semana, enquanto a alta cúpula da emissora estava fora do Brasil. O principal motivo alegado por Rafinha é que ele não tem mais condições de voltar ao ar. O humorista garante que não saberia se comportar quando voltasse ao ar e o que poderia ou não dizer ao vivo. A decisão do lado da emissora só deve acontecer após o feriado.

A confusão causada por Rafinha pode prejudicar todo o programa humorístico CQC. As polêmicas envolvendo o humorista afetaram a relação entre a emissora brasileira e o Quatro Cabezas, canal argentino dono do formato do CQC. Apesar de terem acatado a decisão da Band em afastar Rafinha, a emissora argentina não teria gostado da postura do canal brasileiro.

O CQC é famoso pela liberdade de expressão que seus integrantes possuem e as declarações polêmicas são as marcas registradas da atração por todo o mundo. Com a confusão envolvendo Rafinha Bastos, a permanência do CQC na Band também ficou ameaçada. O contrato que a emissora tem com a Quatro Cabezas acaba em dezembro deste ano, e as possibilidades de uma renovação ficam cada vez mais distantes. SBT e Record já demonstraram interesse na atração, o que preocupa a Band, que pode perder um de seus programas mais famosos.

Com o contrato chegando ao fim, a multa rescisória também é baixa, outro motivo de preocupação para a emissora brasileira. O alto escalão da Band tenta reverter a situação e pedir que Rafinha fique, como prova da relação de confiança que a Band tem com a emissora argentina.