Publicado em: sexta-feira, 03/02/2012

Rafinha Bastos fala sobre proibição da venda do seu DVD

O humorista Rafinha Bastos mostra que gosta de uma boa polêmica. Desta vez ele está metido em mais uma por causa de seu DVD “A Arte do Insulto”, que foi lançado em 2011 e teve a sua venda proibida pela justiça. Além disso, ele está sendo processado por Marcus Buaiz e Wanessa.

O motivo da proibição seriam as piadas ofensivas que o ator faz, referindo-se a pessoas com deficiências físicas e mentais. Em uma das piadas, ele diz que internou o seu pênis na Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), depois de usar uma caminha que causava retardo. Sobre a polêmica, Rafinha afirmou que seu trabalho é para um publico específico e agradeceu a Apae por ter assistido o seu DVD.

O DVD fala também sobre religião, explicando que ele é judeu e demônios só invadem o corpo de cristãos porque ele entra pela ponta do pênis e os judeus são circuncisados. Sobre beleza, ele fez uma crítica ao estado de Rondônia, dizendo que as pessoas de lá são muito feias e a região deveria ganhar dinheiro com o turismo de horrores.

No vídeo ele se diz ainda a favor a pena de morte, especialmente para estupradores e vendedores de telemarketing, pois nos dois casos eles empurram coisas nas pessoas, mesmo elas dizendo diversas vezes que não querem.