Publicado em: sexta-feira, 01/07/2011

Rafael Nadal supera Murray e encontra Djokovic na final de Wimbledon

A sexta-feira será de lamentações para Rafael Nadal. O espanhol que há um ano lidera o ranking mundial de tenistas da ATP, soube no começo do dia que começará a próxima semana como número 2 da lista, depois de ver o sérvio Novak Djokovic bater o francês Tsonga na outra semifinal de Wimbledon. Com a vitória, Djokovic ultrapassou Nadal e pela primeira vez alcançou o topo do ranking.

Em vez de sentir a perda do posto, Nadal entrou confiante na Quadra Principal em Londres para a partida diante do escocês Andy Murray pelo Torneio de Wimbledon. Mesmo assim, perdeu o primeiro set por 5/7, tendo seu serviço quebrado no último dos games. Rafael reagiu e passou a comandar a, até então, equilibrada disputa. Com erros em saques e smashs, Murray deixou escapar pontos importantes e viu seu adversário fechar o segundo set em 6/2.

O terceiro set seguiu o mesmo roteiro. Murray perdeu o serviço logo no primeiro game e em pouco tempo se viu distante de Nadal no placar. Em questão de minutos o espanhol já havia fechado o game um novo 6/2, liderando a semifinal. No último set, a mesma coisa. Sacando, Murray perdeu o game de estreia do novo set, mas por pouco não empatou com dois break points salvos por Rafa. Com a torcida contra – pelo fato de Andy Murray ser britânico -, Rafael não se abateu com a reação do rival e fechou o set com um 6/4, e a partida em 3 sets a 1.

Domingo, Rafael Nadal terá pela frente o algoz Novak Djokovic. No entanto, nem mesmo uma vitória avassaladora do espanhol conseguirá garantir a retomada do topo da ATP. O detalhe não irá tirar o ímpeto de Nadal, considerado por muitos o favorito mesmo em desvantagem na nova lista dos tenistas que será divulgada na segunda, dia 4.