Publicado em: quarta-feira, 30/03/2011

Radiação é 3 mil vezes maior em Fukushima

Técnicos da usina de Fukushima, no Japão, detectaram que o nível de radiação no local superou três mil vezes o limite de segurança.

A Agência de Segurança Nuclear do Japão informou na quarta-feira (30) que amostras de águas colhidas no mar próximo à usina apresentaram a maior concentração nuclear registrada, desde o terremoto de 11 graus na Escala Richter.

Apesar do número elevado de radiação, a Agência de Segurança Nuclear informou que a vida marinha na região ainda não corre riscos. Entretanto, a pesca nos locais próximos à usina nuclear segue proibida.

A mesma Agência ainda informou que a radiação não oferece qualquer risco à população, já que uma área de um raio de 20 quilômetros em torno à usina foi isolada, e com isso, o material radioativo já teria se dissolvido.