Publicado em: segunda-feira, 06/09/2010

Quércia desiste de candidatura para tratar de câncer

O candidato a senador Orestes Quércia, do PMDB, anunciou que deverá abandonar a corrida eleitoral para tratar de um câncer.

O anúncio oficial foi oficializado na segunda-feira (6), pelo PMDB, partido do candidato. Com a saída de Quércia, a chapa de Geraldo Alckmin deverá ter apenas um candidato a senado: Aloyzio Nunes, do PSDB.

Com a saída de Quércia, a briga por uma das vagas ao senado deve ficar ainda mais intensa no estado de São Paulo. As últimas pesquisas de intenção de voto mostravam um empate técnico entre Orestes Quércia e Netinho de Paula, do PC do B. A liderança apontava para Marta Suplicy, do PT.

O candidato a senador foi internado na última terça-feira no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, e os médicos diagnosticaram um tumor na próstata. Com dificuldades para caminhar, Quércia foi aconselhado por amigos e assessores a renunciar a candidatura.