Publicado em: sábado, 06/08/2011

Queda de helicóptero no Afeganistão mata 31 americanos e sete afegãos

Helicóptero americano atingido por tiros nessa sexta-feira (05) caiu e a queda matou 31 norte-americanos integrantes das forças de segurança dos Estados Unidos e sete militares afegãos. O helicóptero caiu no Afeganistão e o número de mortos dos Estados Unidos demonstra a maior perda de homens americanos e um único ataque desde quando a guerra começou há dez anos, em 2001. Após a queda do helicóptero, o grupo terrorista Taleban reivindicou a responsabilidade por ter atirado contra os americanos.

Em comunicado oficial liberado pelo governo do país, “o presidente da República Islamita do Afeganistão, Hamid Karazai, expressa condolências pelo acidente com o helicóptero da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e a morte de 31 membros das forças especiais dos EUA.” O modelo do helicóptero era da linha Chinook e o militante começou os disparos enquanto o aparelho estava decolando.

O acidente foi confirmado tanto pelo Taleban quanto pelos Estados Unidos, mas o governo americano informou que não podia prestar mais informações sobre a causa da queda. De acordo com membros do Taleban, oito integrantes do grupo também morreram no combate. No momento em que o militante do Taleban atacou o helicóptero americano, o mesmo estava retornando de um raid noturno.

Essas expedições feitas à noite tem sido cada vez mais usadas pelos Estados Unidos como estratégia para atacar o Taleban. Ao mesmo tempo, o governo de Karzai tem criticado essa abordagem americana. A única informação prestada pela Otan é que o helicóptero tinha capacidade para 44 pessoas e três tripulantes.

p1