Publicado em: quinta-feira, 13/06/2013

Quatro unidades da federação disponibilizam 20 mil vagas de trabalho

Quatro unidades da federação disponibilizam 20 mil vagas de trabalhoQuem está procurando ser reposicionado no mercado de trabalho pode ficar atento às 20.879 vagas de trabalhados que estão disponíveis nesta semana e distribuídas entre Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal e Belo Horizonte. As oportunidades são para escolaridade em todos os níveis, desde quem tem graduação no ensino superior e também para quem não completou o ensino fundamental.

No Estado de São Paulo são 12.543 vagas de trabalho nesta semana. Os salários vão desde R$ 678 para funções como operador de telemarketing e cabeleireiro. Para operador de telemarketing estão sendo disponibilizadas 2.341 vagas. O salário mais alto está sendo oferecido para chefe de cozinha, no valor de R$ 2.500. Nesta função, o candidato deve ter completado o ensino médio e ter, no mínimo, experiência de seis meses nesta área especifica.

Na região do ABC e Grande São Paulo são 594 vagas de trabalho. Ente os postos estão 28 vagas destinadas a pessoas com deficiência, tanto na capital do Estado como nas cidades vizinhas.

Enquanto isso, no Rio de Janeiro 7.122 vagas de empregos foram disponibilizadas nesta semana. São 2.239 vagas na secretaria municipal da capital do Estado. Destas, 358 vagas são para deficientes. Entre os destaques estão 350 postos para atendentes de lanchonete; 151 para operador de caixa; 204 para operador de loja e 115 para fiscal de loja.

Já a Central de Apoio ao Trabalhador do Rio de Janeiro, divulgou a abertura de 3.490 vagas no Estado. Enquanto isso, 1.393 vagas foram anunciadas pela secretaria estadual. Entre os destaques estão 40 postos de operador de telemarketing para o Rio das Ostras, nos Lagos, e 30 postos em Campos dos Goytacazes, para coletor de lixo domiciliar.

Para Belo Horizonte, o Sistema Nacional de Emprego (Sine) dispõe de 400 vagas, incluindo 231 vagas para pessoas com experiência e 169 candidatos sem experiência, incluindo diferentes níveis de escolaridade e com faixa salarial que varia de R$ 678 a R$ 4.000. A remuneração mais baixa é para operador de telemarketing receptivo e ativo, que disponibiliza 20 postos para quem tem ensino médio incompleto. Enquanto isso, o melhor salário é para a única vaga de supervisor comercial, que exige que o candidato tenha concluído o ensino médio.

No Distrito Federal são 814 vagas, para diferentes profissões, e vencimentos que variam de R$ 678 a R$ 1.8000. A maior quantidade de vagas é para servente de limpeza, com cem vagas. O salário é de R$ 780 e o candidato não preciso ter concluído o ensino fundamental.