Publicado em: terça-feira, 28/02/2012

Quatro pessoas morrem em desabamento de prédio na Rússia

Nesta segunda-feira (27), quatro pessoas morreram e outras seis estão desaparecidas depois de um desabamento em um prédio em Astracan, na Rússia. O incidente aconteceu após uma explosão de gás, de acordo com fontes governamentais do país. O número de vítimas não é preciso, mas algumas agências noticiam que aconteceram oito mortes.

O ministério de Saúde afirmou que a tragédia deixou 15 pessoas férias, sendo que sete ainda estão internadas. De acordo com um funcionário do ministério de Situações de Emergência, a explosão aconteceu às 9h10 (6h10 no horário de Brasília), em um edifício que possui nove andares. Segundo o porta-voz, Dimitri Peskov, o primeiro-ministro Vladimir Putin mandou que fosse criada uma comissão governamental a fim de investigar as causas que provocaram a explosão de gás.

Putin dará entrevista sobre incidente

Vladimir Putin irá conceder uma entrevista onde deverá falar sobre o desabamento e como serão feitos os trabalhos de resgate das vítimas e auxílio as pessoas que ficaram desabrigadas. O primeiro-ministro está em campanha para as próximas eleições presidenciais do país. Ele deve ir ao local da tragédia para verificar a situação e conversar com os desabrigados.

Entre as 15 pessoas que ficaram feridas na tragédia, duas são menores de idade. Além disso, várias pessoas foram resgatadas e levadas para uma escola que fica próxima ao local do desabamento. As autoridades acreditam que o incidente pode ser sido causado por duas hipóteses: violação das medidas de segurança ou tentativa de suicídio de um morador que já tentou se matar abrindo botijões de gás em sua residência.