Publicado em: quinta-feira, 24/04/2014

Quase 60% da água subterrânea na China está poluída

Quase 60% da água subterrânea na China está poluídaO crescimento significativo da China tem as suas consequências, por um lado o país tem se tornado uma das maiores potências mundiais, mas trava uma crise ambiental que não é perceptível para a população, mas que certamente ainda sofrerá os danos.

De acordo com um levantamento realizado pelo Ministério da Terra e Recursos da China, o qual monitorou mais de 4700 pontos em 203 cidades chinesas e a conclusão de que quase, subterrâneas ou não, 60% das águas do país oriental estão poluídas.

O estudo foi divulgado na manhã desta quinta-feira (24) e deixou muitos ambientalistas perplexos. Havia uma preocupação com a quantidade de substâncias poluentes nos últimos anos, mas não havia dados que pudessem comprovar a poluição na China. Segundo os números, a água subterrânea chinesa foi classificada como pobre em 43,9% dos pontos analisados e “muito ruim” em outros 16%.

Em nota oficial, o governo chinês alega que a água pobre pode ser consumida, desde que receba o tratamento adequado, no entanto, a água “muito ruins” não podem sem consumidas, mesmo que o tratamento seja realizado.

Responsável por grande parte da produção agrícola no país, a região norte da China é a que mais sentiu os reflexos da poluição, apesar de 30% da agricultura chinesa estar localizada na região acima de Pequim, o estudo revelou que mais de 70% da água é imprópria para o consumo.

O motivo principal para tais números é o fato de que o país é há 25 anos o maior consumidor mundial de fertilizantes. Apesar de auxiliar no crescimento das plantas, é responsável pela poluição dos lençóis freáticos e deterioração do solo, sobretudo os fertilizantes com base em nitrogênio.

Outro fator é a milenar indústria têxtil, a qual possui inúmeros resíduos que em contato com o solo, tornam-se nocivos ao homem, muitos deles cancerígenos.