Publicado em: quarta-feira, 05/03/2014

Puyol anuncia que vai deixar o Barcelona

Puyol anuncia que vai deixar o BarcelonaAos 35 anos, o zagueiro Carles Puyol é um dos maiores ícones do Barcelona. O zagueiro, que está há 19 anos no clube, anunciou nesta terça-feira, 4 de março, que vai rescindir seu contrato com o clube assim que a terminada 2013-2014 terminar. O contrato do zagueiro com o Barça vai até 2016.

Lesões

Em entrevista coletiva, Puyol afirmou que se sente cansado das lesões, que têm afastado o zagueiro de muitas partidas nos últimos tempos. Devido a problema no joelho, Puyol afirmou que não tem mais condições de atuar no nível que gostaria.

Apesar de ter confirmado a rescisão com o Barça, Puyol afirmou que ainda não sabe o que fará após o fim do vínculo com o clube catalão. Devido ao motivo que o levou a rescindir seu contrato, há grandes chances de que o zagueiro se aposente. Por fim, Puyol afirmou que dará outra entrevista coletiva assim que a temporada for encerrada, quando provavelmente anunciará sua decisão para o próximo ano.

Trajetória

Em toda sua carreira como profissional, Puyol nunca vestiu outra camisa de clube além da do Barcelona. O zagueiro iniciou sua carreira em 1995, pelo Barcelona C, terceira equipe do clube. Em 1997 chegou ao Barcelona B, quando já começou a fazer algumas partidas pela equipe principal. Em 2000, foi integrado de vez ao time principal do Barça, de onde nunca mais saiu. Ao todo, Puyol acumula 593 jogos pelo Barcelona, além de 89 pelo Barcelona B.

Historicamente, Puyol é o segundo jogador da Espanha que mais conquistou títulos na carreira, ficando atrás somente de Xavi, seu companheiro de clube. Ao todo, Carles Puyol já conquistou 23 títulos.

Pelo Barcelona, o zagueiro foi tricampeão da Champions League, bi da Copa do Rei e do Mundial de Clubes, além de hexa da Supercopa e do Campeonato Espanhol. Pela Seleção, além da Copa de 2010, Puyol também conquistou a Eurocopa de 2008. Anos antes, o zagueiro estava na Seleção Olímpica da Espanha que, em 2000, foi medalha de prata em Sidney.

Seleção

Desde que chegou ao Barça, Puyol também é regularmente convocado para a Seleção Espanhola. Ao todo, foram 100 partidas pela Fúria, incluindo sua participação na Copa do Mundo de 2010, quando os espanhóis conquistaram seu primeiro título mundial. Na semifinal da Copa de 2010, Puyol marcou o único gol do jogo entre Espanha e Alemanha, classificando a Fúria para a final.

Desde 2001, Puyol atua também pela seleção da Catalunha. A equipe não disputa competições oficiais, pois a Catalunha não é reconhecida como um país. Por isso, é possível que atletas da Seleção espanhola atuem também em partidas da equipe Seleção da Catalunha.

Apesar da importância que teve para a Seleção espanhola, as chances de que Puyol dispute mais um Mundial são remotas. Mesmo antes das lesões, Vicente del Bosque não deu muitos indícios de que pretendia contar com o zagueiro em mais uma Copa do Mundo. Desta forma, Puyol pode já ter se aposentado definitivamente da seleção de seu país, embora seja muito provável a realização de um jogo de despedida.