Publicado em: quinta-feira, 31/05/2012

PT pretende lançar Humberto Costa como candidato em Recife amanhã

Está agendado para amanhã o anúncio do novo do candidato do PT nas eleições de Recife. A direção nacional do PT pretende anunciar o nome de Humberto Costa, senador, como candidato que representará o PT na disputa pela prefeitura do Recife. Maurício Rands, secretário estadual de governo, que era pré-candidato do partido, abriu mão de sua candidatura para apoiar Costa. O atual prefeito, João da Costa, se mantém na disputa. No entanto ele tem uma conversa marcada com o presidente nacional do partido, Rui Falcão. Acredita-se que, depois da conversa, ele abra mão da sua candidatura para atender os dirigentes do partido. Humberto Costa é o relator do caso Demóstenes no Conselho de Ética do Senado. Todo o partido se mantém na espera para que seu nome seja confirmado amanhã, em Recife.

Negociações com prefeito dependem de cargos na campanha

De acordo com informações de membros do partido, o atual prefeito foi atacado por adversários internos durante o processo de escolha do candidato à prefeitura. Para deixar a pré-candidatura, segundo os dirigentes, Humberto Costa possivelmente pedirá espaço para trabalhar na campanha do partido na cidade e também garantias de que não receberá novas agressões de membros do partido.

Disputa foi marcada por irregularidades e denúncias

As previas marcadas para domingo em Recife forma canceladas depois de denúncias e irregularidades. Com a renúncia de Rands da pré-candidatura, a opção do partido neste momento é fazer um acordo entre Humberto Costa e o atual prefeito. A disputa entre Rands e João da Costa levou o PT de Pernambuco a uma crise histórica, pedindo cancelamento das prévias com poucos dias de antecedência em função de denúncias de irregularidades por parte dos pré-candidatos. Em função da crise, ambos os candidatos ficaram inviabilizados de concorrer à prefeitura. Segundo os dirigentes, sairia um vencedor das prévias, mas o partido perderia a eleição. Neste momento, o partido nacional se organiza para fazer um acordo com os pré-candidatos em favor da candidatura de Humberto Costa.