Publicado em: sábado, 03/05/2014

PT aprova indicação de Dilma Rousseff nas eleições

PT aprova indicação de Dilma Rousseff nas eleiçõesO ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva afirmou que não existe outro candidato às eleições pelo Partido dos Trabalhadores que não seja Dilma Rousseff. O pronunciamento foi feito em um encontro nacional do PT onde Lula disse ainda que a campanha não será nada fácil.

O PT busca reafirmar que Dilma será candidata novamente e que Lula não vai mesmo voltar a competir nas eleições. O encontro aconteceu na noite da última sexta-feira, dia 2 de maio, na capital paulista. A candidatura de Dilma à reeleição só será oficializada no mês de junho, quando acontecerá a convenção nacional do partido.

Durante o evento, Lula e Dilma entraram ao menos tempo no auditório. Os dois receberam aplausos dos delegados do PT que acreditam que a atual presidente do Brasil continuará no poder. Em seu discurso, Lula afirmou que as pessoas devem parar de pensar na existência de outro candidato. Ele alertou a plateia dizendo que os adversários políticos acabam se aproveitando da situação quando há brincadeiras a respeito de que Lula voltará ao poder.

Lula afirma que há um problema que precisa ser resolvido. Ele quis dizer que Dilma não conseguirá estar presente em todos os lugares. Lula conta que estará junto onde quer que tenha um candidato do PT. O ex-presidente afirma que há perseguição ao partido até mesmo por questões pessoais. As intrigas seriam em relação ao ex-ministro José Dirceu, ao ex-tesoureiro do PT chamado Delúbio Soares, além dos ex-deputados João Paulo Cunha e José Genoino.

O motivo seria as condenações do mensalão. Na opinião de Lula, as pessoas estão muito preocupadas em veicular notícias a respeito de pessoas do PT que estão presas. Lula fez elogios à sua amiga Dilma quanto ao seu discurso no dia 1º de Maio, feriado pelo Dia do Trabalho. A presidente falou na televisão e na rádio sobre correção da tabela do imposto de renda, além de aumento de 10% no Bolsa Família.

Lula diz que os trabalhadores e os afiliados ao PT precisavam escutar o pronunciamento de Dilma que deixou os adversários e a imprensa em nervos. Ele aconselhou a amiga a fazer mais discursos como aquele.