Publicado em: sexta-feira, 11/11/2011

PT anuncia Fernando Haddad como candidato à prefeitura de São Paulo em 2012

A pré-candidatura de Fernando Haddad, atual ministro da Educação, à prefeitura de São Paulo foi anunciada nesta sexta-feira (11) pelo Partido dos Trabalhadores (PT). O presidente nacional do PT, Rui Falcão, confirmou que o candidato oficial havia sido escolhido logo após declarar que os deputados federais Jilmar Tatto e Carlos Zarattini desistiram de disputar prévias para abrir o caminho a Haddad. O PT fez um acordo para evitar a disputa interna pela candidatura a São Paulo.

Após ser confirmado como candidato do PT, Haddad declarou “vamos estabelecer conversas com os partidos aliados, vamos ver quais são as atuações possíveis dentro de nosso campo político. Vamos compor uma direção de campanha apta a competir em condições de vencer. Temos condições de vencer com a experiência acumulada já no terceiro mandato no governo federal. Agradeço em meu nome todos os que me apoiaram na primeira hora e todos os que estão me apoiando agora”.

Mesmo antes, quando existia a possibilidade de realizarem eleições prévias dentro do PT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já apoiava declaradamente a candidatura de Haddad à prefeitura e defendia que as prévias deveriam ser evitadas. A primeira desistência foi da senadora Marta Suplicy, que liderava as pesquisas de opinião de voto.

A presidenta Dilma Rousseff teve que se encontrar com Marta momentos antes de viajar à França para a conferência do G-20 e pedir em nome de Lula que ela retirasse a pré-candidatura. O ex-presidente planejava fazer o pedido por conta própria, mas o tratamento contra um câncer de laringe o impediu de se encontrar com Marta.