Publicado em: quinta-feira, 01/12/2011

PSS da UEPG: abstenção foi de 10,26%

No último domingo (27), a Universidade Estadual de Ponta Grossa aplicou as provas do Processo Seletivo Seriado (PSS), edição de 2011. Ao todo, 17.718 estudantes do ensino médios deveriam comparecer aos locais de prova, porém, 1.612 candidatos faltaram a prova, chegando ao índice de abstenção de 10,26%. As provas focam aplicadas nas cidades de Apucarana, Cascavel, Castro, Curitiba, Guarapuava, Jacarezinho, Jaguariaíva, Maringá, Palmeira, Rio Negro, São Mateus do Sul, Telêmaco Borba, Umuarama e Ponta Grossa.

Na cidade de Ponta Grossa, 8,49% dos candidatos não comparecem as salas de prova, equivalendo a 671 candidatos. A cidade contou com 241 salas de aula que estavam distúrbios em 20 locais de prova, como os campus da instituição e demais colégios da rede de ensino do estado.

Na avaliação do coordenador da Comissão permanente de Seleção (CPS), Ivo Mario Mathias, a edição deste ano teve aumento no numero de inscritos. Em 2011, houveram 24,2% candidatos a mais inscritos do que em 2010. “Superamos a casa de 15 mil inscritos, obrigando a CPS a buscar novos espaços para distribuição dos candidatos em cidades como Castro, Jaguariaíva, Jacarezinho e Palmeira”, comentou.

O PSS é uma das formas dos estudantes entrarem nos cursos de graduação oferecidos pela UEPG. Para isso, o candidato ;e avaliado ao final de cada uma das séries do ensino médio, e somente na última parte, a prova III, escolhe ao curso. A instituição destina 25% das vagas de cada um dos cursos aos candidatos que ingressam pelo PSS.