Publicado em: sexta-feira, 14/10/2011

PSDB usa programa na televisão para defender gestão de FHC e atacar corrupção no governo

O PSDB, principal partido de oposição ao governo Dilma Rousseff (PT), aproveitou o seu programa de televisão em rede nacional da última quinta-feira (13) para defender a gestão do governo de Fernando Henrique Cardoso e reforçar as acusações de corrupção contra a gestão atual. Ao longo do programa, FHC é representado como o principal responsável pelo fim da inflação, característica econômica que perturbou trabalhadores por longo período.

O próprio FHC aparece afirmando que a inflação era o pior mal para os trabalhadores, pois logo depois que recebiam o salário o dinheiro passava a valer menos quando precisavam fazer compras. Na versão divulgada na internet, FHC afirma que quem conseguia se defender eram os mais ricos, os que tinham mais dinheiro no banco. O ex-presidente destacou iniciativas como a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Bolsa-Escola, que foram continuadas na gestão de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Com relação a isso, FHC afirmou “na época, nós tínhamos certas dúvidas sobre se as mudanças ficariam se mudasse o governo. Porque o PT se opôs a tudo. Mas mudou o governo e eles entenderam que era melhor seguir aquele caminho. E foi bom, foi bom para o Brasil”. Com isso, o PSDB tenta passar a imagem que também governa e trabalha para os mais pobres.

O candidato do PSDB à presidência no ano passado, José Serra, também participa do vídeo. Serra é quem levanta o tema da corrupção ao afirmar que o progresso obtido durante o governo FHC “está ameaçado pela corrupção, pela falta de investimento e pela incompetência”.