Publicado em: quarta-feira, 31/10/2012

PSDB e DEM aumentam a quantidade de prefeitos em metrópoles do país

PSDB e DEM aumentam a quantidade de prefeitos em metrópoles do paísDiferente do encolhimento que tiveram no âmbito nacional, os dois maiores partidos de oposição do governo nacional tiveram crescimento em todas as nove maiores regiões metropolitanas brasileiras.

PSDB e DEM terão o controle de 33 prefeituras nestes locais, o que equivale a cinco a mais do que tem atualmente, e irão governar cidades com uma população total de 7,1 milhões de pessoas, contra 3,3 milhões em 2012, um aumento de 114%.

Apesar do crescimento nestes locais que compreendem as regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Campinas, Fortaleza, Recife e Salvador, os partidos de oposição ainda estão longe da quantidade alcançada por PT, PMDB e PSB.

Em todos os 210 municípios presentes nestes locais vivem aproximadamente 29% da população (57 milhões) que detém mais de 40% do PIB do paíse tem aproximadamente 42 milhões de eleitores.

Entre PSDB e DEM, o aumento foi puxado graças a vitória do DEM na capital da Bahia que é a terceira maior metrópole brasileira, e já o PSDB em cidades como Jaboatão dos Guararapes, que é a segunda maior cidade do Recife, e também Betim, da região metropolitana de Belo Horizonte e que está também entre as mais ricas Minas Gerais.

O senador Sérgio Guerra (PE), presidente nacional do PSDB, diz que o partido voltou esforços para as grandes cidades do país, que possuem eleitores que dependem menos de ajuda de programas do governo federal. Porém ele afirma que a sigla teve uma participação sem expressão em locais como Salvador (BA), em Fortaleza (CE) e no Rio de Janeiro.