Publicado em: terça-feira, 06/09/2011

PSD caminha para obter registro no Mato Grosso do Sul

Os julgamentos para conceder os registros eleitorais necessários para a criação do Partido Social Democrático (PSD), fundado por Gilberto Kassab, devem acontecer nas próximas semanas. No estado do Mato Grosso do Sul, a audiência está marcada para acontecer às 17h desta terça-feira (06), enquanto a relatora do registro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Nancy Andrighi, afirmou que vai paralisar os seus outros casos para dar total atenção ao PSD.

O Mato Grosso do Sul é o primeiro estado a provavelmente ter o registro do PSD além do número obrigatório para enviar o pedido ao TSE. Caso seja aprovado, o MS se tornará a décima unidade federativa a contar com uma unidade do PSD. A Procuradoria Geral Eleitoral já concedeu parecer favorável e agora o pedido segue ao relator do caso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MS), o juíz Alexandre Aguiar Bastos.

Ao mesmo tempo, Andrighi afirmou que “vou paralisar meu trabalho aqui no STJ [Superior Tribunal de Justiça] para me dedicar integralmente a esse processo. Quando se está no [Tribunal Superior] Eleitoral, em face da celeridade, todo o processo eleitoral tem prioridade”. Para que o PSD possa fazer parte das eleições de 2012, o registro deve estar liberado até o dia sete de outubro.

Kassab conseguiu concluir as exigências prévias estabelecidas para o envio do pedido de registro na quinta-feira (01) passada, quando os nove estados necessários para dar validade à criação do partido foram respaldados. Para a criação de qualquer partido é necessária a apresentação de 490 mil assinaturas de apoio.