Publicado em: quinta-feira, 28/06/2012

Prouni 2012: inscrições estarão abertas até segunda-feira

A partir desta quinta-feira (28), os estudantes que tiverem interesse a se candidatar a uma bolsa de estudos por meio do Programa Universidade Para Todos (Prouni), do governo federal, podem fazer sua inscrição por meio do site oficial do programa na internet.

A ofertas de bolsas de estudos para o segundo semestre é de um total de 90.311, sendo que 52.487 delas são integrais e 37.824 são parciais, ou seja, o estudante consegue um desconto de 50% nas mensalidades do seu curso superior. As inscrições estão abertas até a próxima segunda-feira, dia 2 de julho.

Depois que os candidatos fazem a inscrição para o Prouni, em uma única etapa, haverão duas chamadas onde os candidatos pré-selecionados serão convocados. No momento em que faz sua inscrição, o estudante precisa escolher até duas opções de cursos e instituições de ensino que deseja estudar.

A primeira chamada será divulgada no dia 5 de julho e os convocados tem até o dia 13 de julho para comparecer na faculdade ou universidade escolhida para levar a documentação necessária e para fazer a sua matrícula no curso. A segunda chamada está prevista para acontecer no dia 20 de julho e os candidatos precisam fazer sua matrícula e comprovar as informações por meio dos documentos necessários até o dia 26 de julho.

Depois dessas duas primeiras chamadas, os estudantes que não foram pré-selecionados ou então que foram pré-selecionados mas que o curso não teve formação de turma podem pedir para serem incluídos na lista de espera, que será utilizada pelas instituições de ensino que fazem parte do programa para que as bolsas de estudo que ainda não foram ocupadas sejam preenchidas. A manifestação de interesse na vagas destinada para a lista de espera devem ser feitas entre os dias 2 e 4 de agosto.

Vale lembrar que para se candidatar às bolsas de estudo do Prouni, os estudantes precisam ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano anterior, além de ter uma renda familiar de até uma salário mínimo e meio por pessoa, caso queira as bolsas integrais. Já a renda familiar, por pessoa, para as pessoas que desejam concorrer às bolsas de ensino parciais é de até três salários mínimos.