Publicado em: segunda-feira, 30/07/2012

Protesto dos caminhoneiros deixa 16km de lentidão na Dutra

Protesto dos caminhoneiros deixa 16km de lentidão na DutraA via Dutra, em direção ao Rio de Janeiro, esteve totalmente fechada na manhã toda de hoje (30) no quilômetro 276. Isso aconteceu por conta da manifestação dos caminhoneiros que fecharam as principais rodovias em todo o país. Na Barra Mansa, no Rio, chegam a 16 kmde tráfego congestionado. No outro sentido da pista, para São Paulo, são 7km defilas e só uma faixa está sendo liberada para o trânsito.

A manifestação

O Movimento União Brasil Caminhoneiro (MUBC) é quem está organizando as paralisações em todo o país. Com pouca adesão nos estados de São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e em Goiás, (onde as grandes transportadoras comandam o tráfego de grãos) o fim da greve poderá ser decidido hoje. De acordo com o presidente, Nélio Botelho, as reivindicações giram em torno da revogação e revisão de algumas normas da ANTT. A greve, que não conseguiu apoio dos sindicatos da categoria, deseja derrubar algumas mudanças que foram implementadas pelo Governo Federal sobre todo o setor de transportes do país. Uma delas é sobre o cartão-frete, que vai formalizar toda e qualquer contratação de motoristas autônomos. Outra se refere ao controle das jornadas de trabalho. O presidente também afirma que as medidas tomadas reduzem a oferta de frete á alguns profissionais da categoria e assim diminuem os rendimentos. Sem contar todas as restrições que envolvem o horário de trabalho dos caminhoneiros.

Outra reivindicação é que a categoria também quer ser avisada sobre as mudanças que ocorram na regulamentação de suas atividades. Em nota, a assessoria da ANTT disse que estão havendo negociações com os representantes dos caminhoneiros e que as devidas providências serão tomadas assim que haja um acordo formal entre as partes.