Publicado em: sexta-feira, 14/03/2014

Protesto contra a Ceagesp termina com veículos incendiados em SP

Protesto contra a Ceagesp termina com veículos incendiados em SPVeículos, caçambas com madeiras e até um galpão foram incendiados por um grupo contra a cobrança de estacionamento a Companhia de Entreposto e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp). A ação aconteceu na Vila Leopoldina, na Zona Oeste de São Paulo. O tumulto aconteceu um dia após ter sido dado início a cobrança do estacionamento da Ceagesp. Por conta disso, foram formadas imensas filas em torno do local, que é considerado o maior entreposto de alimentos de toda a América latina. Passageiros de ônibus e conduções que passavam pelas imediações foram obrigadas a descer dos veículos.

Perto das 11 horas da manhã, a Polícia Militar foi chamada para tentar conter o tumulto dos manifestantes, que começou no Portão 3. Eles depredaram algumas cabines de cobrança e ainda quebraram cancelas. Conforme foi divulgado pela imprensa, um carro de passeio também foi incendiado por manifestantes, depois de ter sido tombado. O vidro dianteiro de um caminhão foi quebrado pelo grupo com o uso de um cone. Para danificar a lataria de um caminhão e depois queimá-la, um dos manifestantes chegou a usar um pedaço de madeira.

Para garantir a segurança deles, parte dos funcionários da Ceagesp foi dispensada, enquanto outra parte permanecia na sede, cercada pelos manifestantes. A empresa responsável pela cobrança é a C3V, que até o momento não se manifestou sobre os atos de vandalismo. Conforme a Companhia de Engenharia e Tráfego, foram ocupadas duas faixas da Avenida Doutor Gastão Vidigal, na altura da Rua Xavier Kraus, no sentido Marginal Pinheiros pelos manifestantes. Por horas, o tráfego ficou completamente parado.

Com a mudança nas regras, o valor da tarifa deve mudar de acordo com o tempo de permanência do veículo. Os caminhoneiros terão que pagar de acordo com o número de eixos. No caso dos veículos com dois eixos, será preciso desembolsar R$ 4 por quatro horas. Se o caminhão precisar ficar por mais de dez horas no estacionamento para realizar a carga do veículo, o valor do estacionamento pode chegar até R$ 50.