Publicado em: terça-feira, 07/08/2012

Promotoria pede condenação de 3 anos para banda punk

Promotoria pede condenação de 3 anos para banda punkNesta terça-feira (7), a promotoria de Moscou solicitou que as integrantes da banda de punk Pussy Riot sejam condenadas a três anos na cadeia. As três jovens estão passando por um julgamento por terem feito uma apresentação improvisada em forma de protesto contra o presidente Vladimir Putin dentro da catedral de Cristo Salvador.

As artistas Yekaterina Samutsevich, de 29 anos, Maria Alyokhina, de 24 anos, e Nadeshda Tolokonnikova, de 22 anos, estão sendo acusadas por incitação ao ódio religioso e vandalismo por cantarem uma “oração” contra o presidente russo. Também nesta terça-feira, os grupos ortodoxos do país solicitaram que a cantora Madonna seja proibida de fazer shows na Rússia. A norte-americana pediu clemência para as artistas do Pussy Riot na segunda-feira.

Clemência

Madonna irá fazer uma apresentação na capital russa nesta terça-feira e outra em São Petersburgo na quarta-feira. De acordo com a imprensa do país, a estrela do pop pediu para o tribunal ter clemência das jovens e que elas sejam soltas logo. O julgamento das integrantes da banda punk começou no mês passado em Moscou.

O grupo União de Portadores de Estandartes Ortodoxos afirmou para a agência de notícias Interfax que ter uma posição favorável as artistas quer dizer que a cantora está tentando pressionar o tribunal russo e interferindo nos assuntos do país. O porta-voz do grupo disse que é dever deles pedir que os shows da norte-americana sejam proibidos, porque, segundo ele, Madonna viola as tradições, leis e cultura da Rússia.