Publicado em: segunda-feira, 16/04/2012

Prominp 2012 oferece mais de 10 mil vagas em diversos estados

As inscrições da última seleção aberta de concurso público para o Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural, o Prominp, ainda estão abertas. A proposta da seleção é conseguir atender a futura necessidade de mão de obra qualificada na área.

Em 14 estados brasileiros estão sendo oferecidas mais de onze mil vagas para realização de cursos gratuitamente. As categorias são tanto para os profissionais do nível básico, quanto para médio, técnico e superior. Neste processo, os estados incluídos são: São Paulo, Sergipe, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Rio de janeiro, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Maranhão, Espírito Santo, Ceará, Bahia e Amazonas.

O maior número de vagas está concentrado no Rio de Janeiro, com mais de 4.600 oportunidades, seguido por Rio Grande do Sul, com 1.192 e São Paulo, com 1.021. O edital está disponível na internet e indica que o prazo foi estendido até o dia 15 de abril para as inscrições. No caso do nível básico, a taxa é de R$ 25,00. Para médio e técnico, o valor é de R$ 42,00, enquanto o para nível superior, R$ 63,00.

Requisitos

Os interessados em disputar uma das vagas ofertadas precisa ter idade mínima ou superior a 18 anos, e preencher alguns requisitos básico de cada curso especificamente. As inscrições estão sendo feitas através do site do Prominp, além de postos de inscrição cadastrados.

O processo seletivo está sendo organizado pela Fundação Cesgranrio. É possível solicitar a isenção da taxa de inscrição para candidatos que portarem o Número de Identificação Social (NIS), declarando não possuírem recursos para o pagamento da taxa.

A distribuição das mais de onze mil vagas aconteceu da seguinte forma: cerca de 7.300 para os cursos gratuitos do nível básico, 3.706 para os níveis técnico e médio e as 630 restantes para nível superior.

Candidatos aprovados que não estiveram trabalhando durante a realização do curso irão receber uma bolsa-auxílio, com o valor de mensal de R4 300,00 para nível básico, R$ 600,00 para técnico e médio e R$ 900,00 para superior.

A realização dos cursos gratuitos não garante uma vaga para os alunos. Esta é uma realização do Plano Nacional de Qualificação Profissional (PNQP), que objetiva melhorar a qualificação dos profissionais que acabarão sendo aproveitados por empresas que fornecem bens e serviços na área petrolífera.