Publicado em: quarta-feira, 12/09/2012

Projeto quer que mulheres recebam gratuitamente vacina contra HPV na rede pública

Projeto quer que mulheres recebam gratuitamente vacina contra HPV na rede públicaUm projeto de lei quer que mulheres possam receber de forma gratuita a vacina do papilomavirus humano, também conhecido como HPV, na rede pública de saúde. O projeto de lei foi que prevê a que a medida seja colocada em prática foi aprovada nesta quarta-feira, 12 de setembro, na Comissão de Assuntos Sociais do Senado. Agora, o projeto deverá ser analisado pela Câmera dos Deputados. Caso a medida passe a valer, atenderá a mulheres que tenham idade entre nove e 40 anos de idade.

Atualmente, esta vacina está disponível para as mulheres do nosso país. No entanto, a dose da vacina é vendida e pode ser encontrada somente na rede privada de saúde. Além da distribuição da vacina de forma gratuita, a proposta do projeto de lei ainda exige que outros direitos da mulher sejam cumpridos para que os atendimentos de prevenção do câncer de colo do útero sejam eficientes.

Vanessa Grazziotin, que é do PC do B do Amazonas é a autora do projeto de lei e quer que além das vacinas, as mulheres também recebam na rede pública de saúde mais informações sobre as doenças que podem ser causadas por este vírus. Ela ainda deseja que todos os hospitais e postos de saúde que fazem parte da rede pública de atendimento garantam que as mulheres tenham acesso a qualquer tipo de atendimento complementar que seja necessário nesses casos.