Publicado em: quinta-feira, 25/08/2011

Professores na UnB não aceitam proposta de reajuste salarial

Nesta quarta-feira (24), os professores que atuam na Universidade de Brasília informaram que não foi aceita a proposta oferecida pelo governo federal em realizar o reajuste de 4%. Os professorem alegam que o valor não é suficiente.

Entretanto, foi a Associação dos Docentes da universidade (AdUnB) aceitou incorporar ao vencimento básico de carreira as gratificações de Exercício do Magistério Superior (Gemas)e também de ensino técnico, superior e tecnológico.

Os professorem também informaram que está protos para iniciarem uma nova greve, porém não foi divulgada uma data certa para o começo do movimento. A associação pequenas informou que os professorem aguardam que os outros sindicatos do Brasil se decidiram ara efetuar a paralisação.

Nesta quinta-feira (25) deve acontecer um encontro entre o Ministério do Planejamento e a Associação Nacional Dos Docentes de Ensino Superior (Andes).