Publicado em: sexta-feira, 25/05/2012

Professora será investigada por suspeita de maltrato a aluno cego

Sob suspeita de agressão a um aluno cego de apenas seis anos, uma professora de escola municipal da Zona Sul de São Paulo, será investigada. Quem teria testemunhado a agressão seria um motorista de van, que faz o transporte da criança. Foi ele quem registrou um boletim de ocorrência por maus tratos, no distrito policial do Jardim Mirna, conforme informações liberadas pela assessoria da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.

Ocorrido

A agressão teria acontecido na última quarta feira (23), na Escola Municipal de Ensino Fundamental Joaquim Bento Alves de Lima Neto. Conforme o que está descrito no boletim de ocorrência, a professora arrastou a criança pelo braço, desde a sala de aula até a van. Além disso, ao colocar o menino no banco, ela teria dado dois tapas na boca da criança.

A justificativa pelo castigo seria pelo mau comportamento do menino, que teria se recusado a sair da sala após a solicitação da professora. Ela ainda teria ameaçado, caso a indisciplina se repetisse, bater na criança com o cinto, conforme relatou o motorista.
Através da assessoria de imprensa, a Secretaria Municipal de Educação informou que a Diretoria Regional de Educação (DRE) de Capela do Socorro abriu processo de apuração, para verificar a situação.