Publicado em: sábado, 17/03/2012

Professor da Casper Líbero é demitido e alunos fazem protesto

Os universitários da Faculdade Cásper Líbero realizaram uma manifestação no início da noite de ontem, sexta feira (16), bem em frente ao prédio da Faculdade, localizada na Avenida Paulista, em São Paulo.

A motivação para a manifestação foi a demissão de dois docentes da Faculdade. A Cásper Líbero demitiu dois professores. O primeiro foi Edson Flosi, que estava afastado das atividades devido a uma doença. Com a intenção de se solidarizar ao colega, o professore Caio Tulio Costa também saiu da instituição.

O protesto foi organizado pelos estudantes com o uso das redes sociais e até então, mais de 300 pessoas haviam confirmado a presença no local da manifestação. Segundo informações da Companhia de Engenharia e Tráfego (CET), até o horário de 19h45 não tinha sido apontada nenhum tipo interrupção no trânsito ou outro problema decorrente da manifestação.

O professor Caio Tulio disponibilizou uma carta na internet, destacando que a sua saída teve como ponto fundamental a demissão do colega docente. “Incapacitado de dar aulas, mas apto a prestar os serviços que vinha executando de assessoria e orientação, tanto de forma remota quanto presencial, ele [Flosi] foi desligado mesmo estando doente como está”, escreve o professor, que atuava na área de ética jornalística.

Através de uma nota divulgada, a Cásper Líbero afirmou reconhecer o “mérito do trabalho desenvolvido pelo professor Edson Flosi, durante sua permanência na instituição. Seu desligamento – ocorrido meramente por razões internas – foi efetuado nos termos da lei”.

Edson Flosi atuava na área de jornalismo, tendo já trabalhado em veículos de comunicação renomados como Folha de S.Paulo, Jornal da Tarde, O Globo, e outros diferentes órgãos da imprensa.