Publicado em: domingo, 20/04/2014

Produtor da Record registra queixa de lesão corporal e ameaça contra o ator Dado Dolabella

Produtor da Record registra queixa de lesão corporal e ameaça contra o ator Dado DolabellaO ator Dado Dolabella se envolveu em mais um caso que chamou atenção da mídia. Nessa última quarta-feira (16), o produtor da Record Carlos Henrique Andrade de Araújo foi até a 42ª DP (Recreio) e fez o registro se queixando de lesão corporal e ameaça conta Dolabella. Segundo o relato do produtor, o ator teria o empurrado durante as gravações da nova novela da emissora, “Vitória”, na ilha de Curaçao, no Caribe.

A assessoria de imprensa da Polícia Civil do Estado do Rio, afirmou que a vítima foi ouvida e encaminhada para exame de corpo de delito. Algumas testemunhas que estavam presente no momento em que aconteceu a “agressão”, e também o ator, já estão sendo chamados para depor, o caso foi encaminhado ao Juizado Especial Criminal (JECRIM). Questionado sobre o ocorrido, o ator garante que não houve nenhum tipo de agressão ao produtor e afirma também que o clima das gravações em Curaçao foi maravilhoso.

Completa dizendo: “Não teve confusão nenhuma. Essa é a famosa intriga da oposição. A Globo querendo minar um trabalho maravilhoso da Record”, ressalta, fazendo referência a nota publicada na coluna da jornalista Patrícia Kogut do jornal “O Globo”, em qual constava a informação de que a Record poderia afastar o ator da novela por ter empurrado o produtor, que acabou caindo e se machucando.

Na internet

Em sua conta do Instagram, Dado reafirmou o que já havia falado em entrevistas: “Enquanto a concorrência desleal tenta minar nosso caminho, seguimos com vitória no coração! Quanta mentira publicada em um jornal só. O clima nas gravações é o melhor possível, meus amores. A força da sua inveja é a velocidade do meu sucesso”, publicou. A Record informou por meio da assessoria que o que houve, não passou de um mal entendido em Curaçao, e mesmo com isso as gravações continuam. Além disso, a emissora esclareceu dizendo que Dado não será afastado das gravações de “Vitória”.