Publicado em: segunda-feira, 27/01/2014

Produto de alisamento Zene Progress Defrizagem é barrado pela Anvisa

Zene Progress Defrizagem é barrado pela AnvisaA Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, divulgou hoje no Diário Oficial da União, que está suspenso temporariamente o uso, a fabricação, o comércio, a distribuição e a divulgação do produto de alisamento para cabelos Zene Progress Defrizagem. A fabricação do produto é feita pela empresa Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S.A.

Segundo a publicação, a decisão foi tomada após a verificação de um laudo de análise fiscal, que foi apresentado pela Fundação Ezequiel Dias sobre o lote LC11D0087, apontar um relatório insatisfatório em relação ao ensaio de PH. A Anvisa ainda informou que o produto não possui registro, por isso não pode ser utilizado.

A determinação da agência é que seja feito todo o recolhimento do estoque que ainda existe no mercado de todos os lotes do alisante. A ação já entrou em vigor hoje com a publicação.

Falando em proibição

Na última sexta-feira (24) a Anvisa também suspendeu a distribuição, o uso e o comércio em todo o Brasil do lote 438569 do antibiótico Claritromicina 250 mg/5ml grânulos de uso oral, que é fabricado pela SEM S/A.

Segundo o texto da publicação, um relatório apontou uma insatisfação na análise de teor de princípio no remédio. A empresa, determinada pela Anvisa, terá que fazer todo o recolhimento do estoque do lote que está distribuído o mercado. A resolução entrou em vigor já na sexta-feira, dia em que a ação foi publicada no Diário Oficial da União.

A empresa EMS, informou em nota que o recolhimento já estava sendo realizado voluntariamente do lote que apresentou irregularidades no dia 24 de outubro de 2013.A SEM ainda revelou que todos os procedimentos necessários estão sendo realizados pelo laboratório, visando fazer o recolhimento adequado.